Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

 

Problem?
 
Qual a melhor forma de avaliar jogos sem interferir nas interacções dos jogadores, tendo em conta a fiabilidade dos obtidos.
 
 
Metodologia normalmente utilizada?
 
Os gamers estão dispostos num ambiente controlado e são vigiados por observadores, podendo ou não a serem sujeitos a entrevista.
 
 
Problemas de metodologia?
 
Desvios próprios de um ambiente que pode ser estranho a alguns dos gamers; o observador pode promover uma alteração involuntária no percurso do gamer durante jogo, podendo também afectar a tomada "instintiva" de decisões.
 
 
Nova abordagem metodológica?
 
Monitorização dos jogadores no seu ambiente natural, sem a presença directa de observadores, através de webcams que mostram as reacções/expressões faciais; monitorização do ecrã do gamer como forma de perceber a relação entre reacções/expressões faciais e o percurso do jogo; a captura de som permite recolher relatos espontâneos das dificuldades encontradas durante o jogo.
 
 
Resultados
 
A nova abordagem metodológica consegue revelar a autenticidade das acções dos gamers, permitindo, a este nível, obter resultados mais seguros; favorece dois tipos de avaliação dos dados: avaliação em tempo real e avaliação posterior com base na gravação das monitorizações realizadas durante o jogo. No entanto, com esta nova abordagem, os observadores dependem das reacções dos gamers, não podendo obter outro tipo de informação para além da que lhes é dada a observar; o tempo de obtenção dos resultados pode ser moroso, na medida em que não existe indução de indicadores através da interacção observador/gamer para fazer ressaltar dados pertinentes.
 
 
A visão do grupo é a de que esta nova metodologia pode trazer dados que dizem respeito às reacções espontâneas dos gamers sem influências externas/estranhas, o que se traduz numa maior autenticidade dos resultados face à acção/reacção do gamer em contexto de jogo. Contudo, os dados assim obtidos podem ser muito dispersos e por isso julgamos ser também adequado o cruzamento com dados mais objectivos e/ou direccionados que a abordagem metodológica normalmente utilizada permite recolher.
 
 
Ana Baptista | Pedro Ferreira | Teresa Gouveia



Sobre mim
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Artigos recentes

hora de balanço...

Estrutura Metodológica

Cronograma e Resultados E...

Entrevista (Seminário)

Actividade #5 (Proj_Diss)...

Índice provisório_Activid...

Actividade #4 (Proj_Diss)

Actividade #3 (Seminário)

Metodologia | Actividade ...

Orientações

Arquivo

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Arquivado em

amostragem

autores

citizen participation

comunicação municipal

contexto empresarial/institucional

cronograma resultados esperados

dados

dissertação

e-government

entrevista

estrutura metodológica

estudo de caso

hipóteses

índice

interface

m-gov

marketing online

metodologia

mobile

modelo de análise

monitorização

municípios

pesquisa bibliográfica

proj_diss

serviços públicos online

tecnologia móvel

web social

todas as tags

links
participar

participe neste blog

blogs SAPO
subscrever feeds